top of page

Como diagnosticar e tratar um "Analfabeto Funcional"

Atualizado: 27 de mai.

É verdade que somos seres sociais e dependemos de encontros para construir amizades e fortalecer laços e interesses afetivos, comerciais e profissionais. Mas, esse papinho furado de que "não consigo estudar online, em casa, ou de forma remota" é uma daquelas desculpas bem "deslavadas"!


Estudar online, com o acréscimo das tecnologias atuais de imagem, som, animações e apostilas digitais, é tão comparável como ler um bom livro. É aqui que reside a primeira barreira: a leitura!


Quando alguém, com idade superior a 15 anos, afirma que não consegue estudar online, está literalmente afirmando que é um "analfabeto funcional", ou seja, incapaz de ler um texto completo, com palavras simples e fazer síntese do que foi lido. São esses os autores de textos com erros absurdos que "viralizam" nas redes sociais.


Quando alguém afirma não conseguir "estudar online", exceto por razões plausíveis, como por exemplo, por razões financeiras, não possuir um aparelho celular, computador e acesso a internet, é porque não consegue estudar em lugar algum. A geração jovem nasceu dentro da internet e todos os habitantes do planeta, de todas as idades, estão sendo atravessados constantemente por dados oriundos do meio digital.

Uma cena icônica e engraçada foi retirar um smartphone da mão de um bebê e dar um livro a ele. Foram várias vezes que ele deslizou o dedinho pela capa do livro na esperança de trocar a imagem até que perdeu o interesse pelo livro. É o que está acontecendo com a nova geração. Perda do interesse pela leitura de um bom livro!


Ler e escrever bem é um treinamento constante tal qual um atleta se prepara para grandes campeonatos.


Então, se você tem um "aborrecente", digo adolescente, próximo de você, dizendo que não consegue estudar online, faça como eu, que respondi (a mais de dez anos) presenteando a minha filha com o livro Moby Dick. Hoje ela é antenada nos meios digitais, trabalha em homeoffice e é devoradora de livros "analógicos" viciada no cheirinho de livro novo!


Conclusão: quem é adolescente nos tempos atuais e afirma que não consegue estudar online, que é o "upgrade" da "lição de casa", dê a ele um texto simples. Peça para ler em voz alta de forma interpretativa e, ao terminar, retire o texto do alcance e peça um resumo. Esse é o exame perfeito para diagnosticar um "analfabeto funcional". A prática da leitura é o tratamento. Quanto mais você lê, melhor você escreve!


Essa é a minha contribuição para acabar com esse "mimimi" do estudo online!

 

Sobre o autor:

Prof. Paulo Rodrigues é pós-graduado em Docência no Ensino Superior e em Gestão e tutoria de EaD. Graduado em Ciência Aeronáuticas, além de outros cursos. É autor de livros. Coordenador do Núcleo de Educação a Distância da Santa Catarina Cursos Online - www.etcead.com

16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page