top of page

Protegendo-se Contra Fraudes

Atualizado: 27 de mai.

No mundo digitalizado em que vivemos, a comunicação e transações online são partes integrantes de nossa vida cotidiana. No entanto, junto com os benefícios dessas tecnologias, também vêm os riscos de fraude. Fraudes por telefone, chat, web, phishing e e-mails são algumas das armadilhas mais comuns usadas por golpistas para enganar pessoas desavisadas e até mesmo os mais experientes. Os idosos são frequentemente alvos desses golpes, devido à sua relativa falta de familiaridade com a tecnologia e, muitas vezes, maior disposição em confiar nas pessoas. Neste artigo, vamos explorar essas fraudes comuns e fornecer dicas valiosas sobre como evitá-las.


Fraudes por Telefone:

As fraudes por telefone têm sido um método popular entre os golpistas por décadas. Eles muitas vezes se fazem passar por funcionários de empresas legítimas, como bancos, agências governamentais ou serviços de suporte técnico, na tentativa de obter informações pessoais ou financeiras da vítima. Um exemplo comum é o golpe em que o fraudador liga afirmando ser do suporte técnico de uma empresa conhecida, alegando que há um problema com o computador da vítima e solicitando acesso remoto ou informações pessoais.

Dicas para Evitar Fraudes por Telefone:

1. Nunca forneça informações pessoais ou financeiras por telefone, a menos que você tenha iniciado a ligação e esteja seguro sobre a identidade da outra parte.

2. Esteja ciente de que instituições legítimas geralmente não solicitam informações confidenciais por telefone.

3. Se alguém ligar solicitando informações sensíveis, peça o nome da pessoa e uma maneira de entrar em contato com eles. Em seguida, verifique a autenticidade da chamada entrando em contato com a empresa ou organização diretamente através de um número que você já tem. Importante: faça o contato de verificação utilizando outro aparelho com número de linha completamente diferente do que você foi abordado!


Fraudes por Chat e Web:

Os golpistas frequentemente se aproveitam de plataformas de chat e websites para atrair vítimas desavisadas. Isso pode acontecer em salas de chat, redes sociais, sites de namoro online e muitos outros contextos. Eles podem se passar por pessoas que não são ou prometer oportunidades falsas, como ofertas de emprego ou prêmios.

Dicas para Evitar Fraudes por Chat e Web:

1. Seja cético em relação a pessoas desconhecidas que entram em contato com você online, especialmente se começarem a pedir informações pessoais ou financeiras.

2. Evite clicar em links suspeitos enviados por estranhos. Eles podem levar a sites fraudulentos projetados para roubar suas informações.

3. Use configurações de privacidade robustas em suas contas de mídia social e esteja ciente de quem pode ver suas informações pessoais.

Fraudes de Phishing por E-mail:

Phishing é uma técnica na qual os golpistas enviam e-mails fraudulentos projetados para parecerem legítimos, na tentativa de enganar as pessoas a revelarem informações pessoais ou financeiras, clicarem em links maliciosos ou baixarem anexos infectados por malware.

Dicas para Evitar Fraudes de Phishing por E-mail:

1. Desconfie de e-mails não solicitados, especialmente se solicitarem informações pessoais ou financeiras.

2. Verifique cuidadosamente o endereço de e-mail do remetente para garantir que seja legítimo. Muitas vezes, os golpistas usam endereços falsificados para parecerem autênticos.

3. Nunca clique em links ou baixe anexos de e-mails suspeitos. Em vez disso, vá diretamente ao site da empresa ou organização em questão através de seu navegador da web.



Fraudes contra Idosos:

Os idosos são frequentemente alvos de golpistas devido à sua disposição em confiar nas pessoas e à sua relativa falta de familiaridade com a tecnologia. Os golpistas podem se aproveitar disso, fingindo serem membros da família em dificuldades financeiras, oferecendo falsos investimentos lucrativos ou se passando por prestadores de serviços.

Dicas para Proteger Idosos contra Fraudes:

1. Eduque os idosos sobre os diferentes tipos de golpes e como reconhecê-los.

2. Estabeleça limites claros sobre o compartilhamento de informações pessoais e financeiras.

3. Incentive os idosos a verificar com você ou outra pessoa de confiança antes de tomar qualquer ação em resposta a uma solicitação suspeita.


Estar ciente dos diferentes tipos de fraudes e adotar práticas de segurança online são passos essenciais para proteger-se contra golpes. Ao seguir as dicas fornecidas neste artigo e mantendo-se vigilante, você pode reduzir significativamente o risco de se tornar uma vítima de fraude. Lembre-se sempre: é melhor prevenir do que remediar.


 

 


Sobre o autor:

Prof. Paulo Rodrigues é pós-graduado em Docência no Ensino Superior e em Gestão e tutoria de EaD. Graduado em Ciência Aeronáuticas, além de outros cursos. É autor de livros. Coordenador do Núcleo de Educação a Distância da Santa Catarina Cursos Online - www.etcead.com 



34 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page